Dicas-de-como-utilizar-o-amortecedor-de-bike

Dicas de como utilizar o amortecedor de bike

O amortecedor de bike é uma das partes mais elementares desse meio de transporte sobre duas rodas. E isso independentemente se o seu objetivo é transitar pelas vias urbanas ou trechos enlameados e trilhas cercadas pela natureza.

Afinal de contas, o componente é usado para, de fato, amortecer todo o impacto recebido. O interessante é que, ao longo das décadas, sua tecnologia foi aperfeiçoada e está cada vez mais moldável às suas necessidades e objetivos.

Para que você entenda melhor sobre o assunto, neste post nós vamos falar tudo a respeito do amortecedor de bike. Acompanhe!

A origem do amortecedor de bike

A primeira vez que se percebeu esse tipo de acessório na bicicleta foi entre as décadas de 1960 e 70. A princípio, na parte dianteira da bike, mas logo agregada também na parte de trás.

amortecedor de bike - Dicas de como utilizar o amortecedor de bike

Só que o modelo que melhor conhecemos, hoje em dia, só chegou ao mercado no final da década de 1980. A necessidade veio com a popularização da modalidade de Mountain Bike, e não tardou para espalhar o conceito para todos os tipos de bikes. Afinal, pedalar com conforto não é exclusividade da MTB.

Os tipos de amortecedor de bike

Abaixo, destacamos 3 modelos de amortecedor de bike para que você possa comparar suas particularidades. São eles:

Básico

Esse tipo de amortecedor de bicicleta pode ser usado com freios V-brake ou a disco. Produzido com materiais mais simples, são ideais para trajetos pouco desafiadores e de baixo impacto — quando o percurso de ida e volta para o trabalho é plano, por exemplo.

Vale observar que, no geral, esse modelo de amortecedor de bike é mais pesado — mas com versatilidade para ser usado em bicicletas com aros de 26 e 29 polegadas.

Intermediário

Para os competidores que ainda não se profissionalizaram, esse modelo de amortecedor de bike é mais arrojado, com hastes em alumínio — em contraste com o modelo anterior, normalmente em tubos de aço — e cartuchos hidráulicos para fazer as vezes das molas de aço do modelo básico.

Conta com facilidades de personalização para adaptar-se rapidamente às exigências de um percurso, facilitando a pedalada nas subidas mais íngremes. Vale destacar que esse modelo é confeccionado para ser usado em conjunto com bikes equipadas com freios a disco.

Sofisticado

Profissional, leve e 100% ajustável. Esse modelo permitem um controle de alta precisão, além de ser extremamente durável e resistente — normalmente, feito com titânio e fibra de carbono.

O sistema desse amortecedor de bike tende a ser “inteligente”, transitando o óleo entre as câmaras de acordo com a leitura automática feita do terreno.

A devida manutenção do seu equipamento

Todo o conforto proporcionado pelo amortecedor de bike vem a um custo: a sua devida manutenção periódica, de maneira a garantir mais vida útil ao equipamento e segurança em suas pedalas cotidianas.

Como regular o amortecedor de bike

São 3 etapas, basicamente, que devem ser constantemente monitoradas. São elas:

Pré-carga

Suba no assento — com a bike encostada em uma parede —, sente-se e depois desmonte dela. A ideia é verificar o quanto a suspensão se comprime com o seu peso.

Isso é conhecido como Sag e, é importante que esse valor gire em torno de 25% — em um garfo de 100 mm o equivalente seria 25 mm de Sag.

Retorno

Para encontrar o ajuste ideal para você, é importante testar, guia por guia, até que o amortecedor de bike retorne rapidamente a cada impacto.

Compressão

Aqui, procure manter o valor de compressão equilibrado, caso não tenha muitos conhecimentos em manutenção de bicicleta.

Inclusive, o intuito deste tópico é apenas apresentar o conceito do amortecedor de bike para você, de maneira que você compreenda quais são os pontos de atenção.

Portanto, o ideal é que você leve a bicicleta periodicamente para a manutenção. Assim, você vai garantir sempre uma performance mais qualitativa e boa durabilidade para todos os componentes da sua bike.

Mas, para você começar a entender melhor todo o funcionamento dela, não deixe de conferir também nossas dicas sobre a troca de corrente da bicicleta!

checklist manutenção - Dicas de como utilizar o amortecedor de bike

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *