4-dicas-de-calibragem-de-pneus-para-sua-bike

4 dicas de calibragem de pneus para sua bike

Já ouviu falar que um carro consome mais combustível e exige mais de outras peças do automóvel quando a calibragem de pneus não está correta? Pois o mesmo pode se aplicar ao cuidado que você tem com os pneus de sua bike, sabia?

A enorme diferença está no esforço que você vai empreender em seus trajetos e também na performance de sua bicicleta aro 29, por exemplo. Sem falar que a calibragem de pneus, quando feita incorretamente, diminui a durabilidade de uma série de peças da bicicleta.

Por isso, reunimos neste post algumas dicas para você fazer a correta calibragem de pneus da sua bike. Confira!

1. Atenção às bombas de pé para a calibragem de pneus

É comum termos equipamentos e acessórios para a bicicleta em casa que facilitem a manutenção da bicicleta. Um deles é a bomba de pé, aquela que usamos os pés para inflar o ar para dentro dos pneus. Acontece que muitos desses acessórios possuem registro apenas da pressão atual da bomba, não do pneu.

calibragem de pneus - 4 dicas de calibragem de pneus para sua bike

Com isso, obtém-se uma diferença que pode chegar a até 10 PSI. E isso vai interferir diretamente em sua performance a bordo da bike. Por isso, opte por modelos digitais que calculem ambos os valores ou tenha um calibrador de pressão avulso.

2. Aprenda a ler as indicações nos pneus da bicicleta

Para facilitar o trabalho, todos os pneus que você adquirir vêm com a indicação correta para calibrá-los. Bom exemplo disso é a recomendação de pressão deles, por exemplo: mantenha-os entre 35-65 PSI. É um indicativo básico, mas que já ajuda a obter uma performance melhor.

3. Verifique também a indicação com base em cada modelo de bike

Vale ainda apostar em uma calibragem de pneus com base nos diferentes aros e modelos de bicicleta. Por exemplo:

  • Bicicleta aro 16: de 20 a 25 PSI;
  • Bicicleta aro 20: de 20 a 35 PSI;
  • Bicicleta aro 26: de 35 a 45 PSI;
  • Bicicleta Speed: de 100 a 120 PSI.

4. Dicas gerais para a correta calibragem de pneus

Além dessas questões, você pode avaliar a melhor maneira de trabalhar a calibragem de pneus com base em algumas informações úteis, como:

  • Pneus mais finos demandam mais pressão, pois quanto mais grosso, o pneu, mais rígido ele ficará;
  • Pneus firmes são mais recomendados para uso em pistas de alta velocidade;
  • Pneus rígidos, por sua vez, tendem a estourar com mais facilidade. Terrenos arenosos e mais acidentados devem ser evitados, portanto, com esse tipo de calibragem;
  • Evite andar com os pneus murchos. Eles absorvem com menos eficácia os impactos e, com o tempo, os passeios podem contribuir com danos às rodas de sua bicicleta;
  • Especialistas destacam que, ao colocar de 2 a 5 PSI a menos de pressão nos pneus dianteiros ajuda a aumentar a aderência nas curvas. E isso se traduz em mais segurança para os ciclistas;
  • Convém ter em casa um manômetro (medidor de pressão) portátil, pois ele facilita a verificação da pressão dos pneus. Isso porque a mensuração com a ponta dos dedos não é o método mais indicado.

download - 4 dicas de calibragem de pneus para sua bike

Conhecer bem as peças que compõem uma bicicleta é um diferencial e tanto para você agregar mais durabilidade ao seu meio de transporte e obter performances cada vez melhores. E a calibragem dos pneus está entre os aspectos mais importantes para o ciclista.

Por isso, agora que você já entende um pouco mais a respeito da calibragem de pneus, que tal conferir conosco também quais são os principais cuidados que se deve ter com os pneus da bike?

cupom de primeira compra 1 - 4 dicas de calibragem de pneus para sua bike

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *